Produtividade: Os maiores obstáculos mentais ao sucesso


Quando se mergulha no mundo do empreendedorismo, é fácil mergulhar igualmente no stress extremo e num estado de espírito que torna o seu dia-a-dia mais difícil e desmotivante, especialmente se cai na tendência de se colocar a si para baixo, mesmo que involuntariamente. 


LEIA TAMBÉM: Atendimento ao Cliente: Como criar um serviço que o orgulhe


Acreditar que não tem tempo para determinada tarefa

Sentir que não importa o quanto se esforça, não conseguirá completar o projeto ou a tarefa até ao prazo determinado, é algo bastante comum e que o pode levar a realmente se atrasar. Sente-se com calma e crie um calendário com as suas reuniões e todas as tarefas que tem de fazer, incluindo esta que tem em mãos. Olhar para um papel com o tempo organizado, irá ajudá-lo a ter uma ideia mais concreta do tempo que de facto tem e quanto pode dispensar para cada uma das tarefas.


Não aproveitar os momentos de procrastinação 

Todos temos momentos de procrastinação, aquele momento em que olhar para a parede parece ser a única coisa que conseguimos fazer. Evitar estes momentos é impossível, o que é possível é diminuir a sua duração e usá-los para aumentar a sua produtividade. Como? Em vez de olhar para a parede ou verificar as redes sociais, sentindo que não está a ser produtivo, use este tempo para apanhar ar, ouvir a sua música favorita, beber um café ou falar com um colega ou amigo. Espaireça realmente e verá que dentro de poucos minutos a sua concentração irá regressar em força. Ficar na cadeira a sentir que está a falhar porque não está a trabalhar não é útil nem desejável.


Entrar num ciclo de desorganização que o prejudica

Sentir que não se sente bem com a sua aparência ou com o estilo de vida que leva, ver constantemente a sua caixa de mensagens cheia e terminar os dias a sentir que não terminou o seu trabalho são pensamentos que facilmente o levam à fadiga. E, claro, mudar estes hábitos enquanto tem projetos para entregar nem sempre é fácil. A resposta, as férias. Use as suas férias para descansar, para criar um ritmo de exercício físico, aprenda receitas saudáveis que possa levar para o trabalho ou que possa deixar pronto em casa, leia sobre como organizar o seu tempo, crie um calendário com um dia e hora para as tarefas recorrentes. Deste modo, quando regressar virá fresco e com um ritmo e uma mudança de método de trabalho que lhe facilitará a produtividade e o crescimento pessoal, diminuindo o sentimento de “falhança”.


Sentir que nunca alcançará o seu objetivo

A primeira questão a colocar-se é: pode ser o seu objetivo alcançado a curto prazo? Ter como objetivo ser CEO de determinada empresa é algo com que pode sonhar claro mas se ainda é jovem e se encontra numa posição inicial, este objetivo poderá tornar-se rapidamente num pesadelo. Analise bem o seu objetivo e construa um plano de ação. Não se sente à espera que algo aconteça e perceba o que tem de fazer para se aproximar do seu objetivo grande, alcançando pequenos objetivos pelo meio como completar uma formação académica de que precisará, aprender uma língua estrangeira indispensável, chegar a determinada promoção, entre outros.


LEIA TAMBÉM: Malware: Proteja a sua empresa com estes passos simples


Focar-se nos problemas é normalmente mais intuitivo do que tentar resolvê-los mas tente ao máximo parar um pouco e refletir sobre o que pode fazer para solucionar o que mais o prende e o que mais o deprime. Estas foram algumas dicas do que mais preocupa os profissionais mas existem outros bloqueios que muitos vivem todos os dias.


Keywords: Produtividade, NOS Empresas, CUE, Criar uma Empresa, Empreendedor, Empreendedorismo


Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Tendências

Atualidade e inovação: o que está a mudar no empreendedorismo

Saber mais

Guias Fiscais

Datas de entregas de documentos e obrigações de pagamento de impostos

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais