Empreendedorismo

Outsourcing


O outsourcing, também chamado de terceirização, é o processo de contratação por parte de uma empresa/indivíduo de uma outra empresa/indivíduo para executar uma função específica. Quase todas as empresas funcionam com algum tipo de outsourcing, e as atividades que mais o pedem são aquelas que não dizem diretamente respeito ao núcleo mais duro de um negócio.

 


Exemplos práticos

Uma companhia de seguros pode terceirizar as suas operações de limpeza com empresas especializadas nesse tipo de trabalho, uma vez que não são atividades estratégicas para o negócio ou sequer relacionadas com seguros.

 

Os trabalhos realizados por outsourcing são variados e estendem-se por diversos setores, sendo alguns dos mais comuns: gestão de recursos humanos, engenharia, contabilidade, design, escrita de conteúdo, serviços de diagnóstico, segurança, marketing ou logística.

 


Quais as vantagens?

- Focalização total nas atividades principais do negócio, excluindo preocupações desnecessárias com questões periféricas. Um bom exemplo é o de um grande hospital que terceiriza as suas opções de segurança a uma empresa especializada;

 

- Redução de custos em funções que o impedem de uma performance consistente e razoável (em termos de preço); um exemplo prático desta vantagem é um pequeno consultório médico que queira aceitar uma série de planos de seguro – se uma pessoa em part-time não conseguir dar conta das tarefas, é mais fácil e barato considerar a contratação de uma empresa especializada em faturação;

 

- Redução da despesa geral através da terceirização de funções que não são de primeira necessidade no local de trabalho. Um exemplo desta vantagem é uma empresa que tenha sofrido franco crescimento e cujo espaço de escritório atual não seja suficiente para se expandir mais, sendo também muito caro adquirir um espaço maior. Uma boa solução é terceirizar operações simples e reduzir necessidades de escritório, através de telemarketing, por exemplo;

 

- Controlo operacional em áreas cujo domínio de custos esteja a escalar-se, fruto de mau controlo ou ausência dele, são motivadores de terceirização;

 

- Flexibilidade de pessoal, uma vez que permite que atividades que requerem mais trabalho ciclicamente usufruam de recursos/trabalhadores adicionais, podendo abrir mão deles quando a época terminar. Um departamento de contabilidade, por exemplo, pode auxiliar-se no outrsourcing para se fortalecer durante o período definido dos principais impostos e auditorias;

 

- Continuidade e gestão de risco em períodos de alta rotatividade de funcionários. Seria neste caso um bom exemplo o de uma gerente de recursos humanos em licença de maternidade, partindo os seus assistentes para ocupar a sua posição. O outsourcing oferece uma opção que reduz o risco de um nível inferior de qualidade de atividade;

 

- Desenvolvimento da equipa interna, em casos de um grande projeto que requer habilidades ou competências que os seus trabalhadores ainda não possuem – ao trabalhar com outras empresas (outsourcing), os seus trabalhadores poderão adquirir novos conjuntos de competências.

 

Guias Práticos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais

Agenda

Eventos na área do Empreendedorismo

Saber mais