Riot On!


Estamos no ano 2000 e os investidores estão a enlouquecer com uma nova empresa de comunicações chamada Riot Entertainment e cujo slogan dizia: "We don't make games, we create riots". Muitas grandes empresas, com a Nokia, investiram milhões neste fenómeno desconhecido. Dois anos depois, quando todo o dinheiro foi gasto e a empresa abriu falência, a diversão acabou. O que é que aconteceu?

 

 

O falhanço da RE foi tão espetacular que deu origem a este divertido documentário finlandês que narra – com pitadinhas de ficção aqui e ali – a montanha russa que foi o período de vida da promessa empresarial.

 

Apesar da imagem muito positiva criada, o apoio de investidores mãos-largas,  grandes contratos com operadoras e, acima de tudo, uma oferta de jogos para online e mobile muito à frente do seu tempo, a Empresa gastou largas partes do seu investimento em decorações de escritório, construção de espaços de lazer para os empregados, um cinema privado para 50 pessoas e uma infame sauna, onde alegadamente tinham lugar festas loucas e bem frequentes.

 

Mais informações em imdb.com.

 

Guias Práticos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Guias Teóricos

Ideias e guias sobre tudo o que precisa de saber para criar um negócio

Saber mais

Casos de sucesso

Empreendedores de sucesso explicam como nasceram os seus negócios

Saber mais

Notícias

Últimas novidades sobre o universo do Empreendedorismo

Saber mais